O tenente Mateus Grec de Carvalho Marinho, da Rondesp Atlântico, morreu na noite deste domingo (12), durante troca de tiros com suspeitos no bairro de Cosme de Farias, em Salvador. A guarnições da 58ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Cosme de Farias) e Rondesp foram surpreendidas por cerca de 20 suspeitos em uma região conhecida como Alto do Cruzeiro.

O oficial foi atingido no tórax, onde não há proteção do colete à prova de bala. Ele foi levado para o HGE mas não respondeu as tentativas de reanimação. De acordo com a polícia, quatro suspeitos foram baleados na ação.

Após a morte do tenente, criminosos invadiram casas e fizeram moradores reféns. Em meio à guerra de facções, mais de 30 viaturas tomam conta do bairro.

Este é o segundo policial Rondesp morto em dois dias. No último sábado (11) um policial militar de 31 anos acabou morto durante o serviço no distrito de Pindorama, em Porto Seguro, no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Militar, o soldado Antonio Elias Matos Silva estava com a guarnição da qual ele fazia parte quando realizava uma abordagem a duas pessoas. Os suspeitos resistiram à prisão e reagiram atirando contra os policiais. O soldado foi enterrado neste domingo.

A última postagem do tenente no Instagram fala da dificuldade do trabalho da polícia, da falta de prestígio e do amor pela Rondesp Atlântico.

Sobre o Autor

Redação

Site de Notícias de Saúde,10 anos levando informações locais regionais .

Ver todos os Artigos