Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (9), duas pessoas no interior de uma agência bancária de Salvador


A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (9), duas pessoas no interior de uma agência bancária de Salvador. A ação, conjunta com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, impediu o saque de cerca de R$ 30 mil referente a um benefício do INSS fraudulento.



Segundo a PF, as investigações apontam que os fraudadores atuam com a criação de seguros fictícios, mediante documentos falsos e arregimentação de idosos para funcionarem como dublês para obter vantagens indevidas junto ao INSS/Bancos.



Os presos responderão, a princípio, pelo delito de estelionato previdenciário (art. 171, §3º do CPB), com penas estipuladas de um a cinco anos.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0