Rio de janeiro. Uma operação contra o tráfico de drogas, deixou 25 pessoas mortas


Uma operação contra o tráfico de drogas no Rio de Janeiro deixou 25 pessoas mortas e provocou intenso tiroteio na manhã desta quinta-feira (6), na comunidade do Jacarezinho.

Segundo o G1, apenas o policial civil André Farias, morto após ser baleado na cabeça, foi identificado pela corporação. Outros 24 suspeitos foram mortos, mas a instituição não deu informações sobre quem são as vítimas e a situação em que foram atingidas.

Além das pessoas mortas, dois passageiros do metrô foram baleados dentro de um vagão e sobreviveram. Um morador foi atingido no pé, dentro de casa, mas também passa bem. Dois policiais civis também foram atingudos com disparos de arma de fogo.

De acordo com a publicação, com dados da plataforma digital Fogo Cruzado, que registra dados de violência armada desde 2016, esse é o maior número de mortes durante uma operação da polícia em uma comunidade desde o início dos levantamentos.

As operações policiais estão suspensas, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) desde junho do ano passado, em razão da pandemia. A decisão do Supremo permite apenas ações em “hipóteses absolutamente excepcionais”, que devem ser comunicadas ao Ministério Público. G1


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0