Agência em São Gonçalo dos Campos é a 10ª explodida em 20 dias na Bahia


Mais uma agência bancária foi explodida na Bahia. Esta é a décima quinta no estado em quatro meses, e a décima apenas em 20 dias no mês de abril. Os criminosos atacaram uma unidade da Caixa em São Gonçalo dos Campos, a 108 km da capital, Salvador.

Ainda não há informações da quantia roubada. Em média, em abril, a Bahia registra um ataque a cada dois dias — ou seja, explosões “dia sim, dia não”. Durante todos estes ataques, o modelo tem sido exatamente o mesmo: ação durante a madrugada; uso de explosivos e preferência por cidades pequenas e médias. A polícia suspeita de uma ação coordenada por uma única quadrilha. Especialistas em segurança pública classificam o fenômeno como “Novo Cangaço”, referência direta a ação de banditismo e pilhagem que predominou no sertão brasileiro durante dois séculos.

Na edição desta semana do Jornal da Metrópole, o tema foi abordado na reportagem de capa, assinada por Gabriel Amorim. Em uma das reportagens, um bancário do interior do estado, que preferiu não se identificar, falou que trabalhar nestas agências tem sido “um ato de bravura”.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0