Líderes do Senado assinam manifesto em defesa de isolamento social


Líderes do Senado assinaram hoje (30) pela manhã, um manifesto em que defendem o isolamento social para minimizar os efeitos da pandemia de coronavírus. O manifesto contraria o entendimento do presidente Jair Bolsonaro, que propõe um isolamento vertical, com quarentena imposta apenas a idosos e outros grupos mais vulneráveis.

De acordo com o vice-presidente da Casa, Antonio Anastasia (PSD-MG), todos os líderes concordaram com seu teor e assinariam digitalmente o documento.

No manifesto, intitulado “Pelo Isolamento Social”, os senadores apontam que, na inexistência de vacina ou tratamento médico comprovado, a experiência de outros países mostra que a medida mais eficaz para minimizar os efeitos da pandemia é o isolamento social.

“O Senado Federal se manifesta de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde e apoia o isolamento social no Brasil, ao mesmo tempo em que pede ao povo que cumpra as medidas ficando em casa”, ressaltou o manifesto.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0