PF cumpre mandado em endereço ligado a presidente do PSL


Mandados são referentes a investigação sobre o uso de candidaturas "laranjas" pelo PSL na eleição do ano passado
Mandados são referentes a investigação sobre o uso de candidaturas “laranjas” pelo PSL na eleição do ano passado

 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal cumpre hoje (15) mandado de busca e apreensão em endereço ligado ao deputado federal Luciano Bivar (PSL), na “Operação Guinhol”,

Ao todo, nove mandados foram autorizados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), após pedido do Ministério Público Eleitoral.

O advogado de Bivar, Ademar Rigueira, disse que a ação da PF é “um absurdo completo”. “Esse inquérito está se arrastando há muito tempo, tudo foi esclarecido, não havia necessidade alguma dessa busca e apreensão. O delegado está fazendo uma pescaria para encontrar alguma coisa”, declarou o defensor do presidente do PSL. No entanto, o advogado também informou que vai colaborar com as investigações da polícia.

De acordo com o G1, a operação é referente à investigação sobre o uso de candidaturas “laranjas” pelo PSL na eleição do ano passado.

O TRE-PE não comentou o assunto e informou que o inquérito tramita em segredo de Justiça e, portanto, é sigiloso .M 1


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0