Saúde. Cota do Município para policlínica é de mais de 20 mil reais


O município de Saúde , com mais de 13 mil Habitantes, de acordo com atualização do IBGE – Instituto de Geografia e Estatística – 2019 terá como cota para ajudar a manter a Policlínica Regional, com sede em Jacobina RS 20.800.00(Vinte mil e oitocentos reais )

Quais as especialidades médicas oferecidas para consultas?

Angiologia;

Cardiologia;

Endocrinologia;

Gastroenterologia;

Neurologia;

Ortopedia;

Oftalmologia;

Otorrinolaringologia;

Ginecologia/obstetrícia;

Mastologia;

Urologia;

(A depender do perfil epidemiológico da população da região);

Quais exames podem ser feitos?;

Ressonância Magnética (com e sem contraste);

Tomografia (com e sem contraste);

Mamografia;

Ultrassonografia com doppler;

Ecocardiografia;

Eletroneuromiografia;

Teste Ergometrico;

Mapa;

Holter;

Eletroencefalograma;

Raio-X de 500Am;

Eletrocardiograma;

Endoscopia;

Colonoscopia;

Nasolaringoscopia;

Entre outros, ligados à especialidade de oftalmologia;

Quais os procedimentos oferecidos?;

Vasectomia;

Cauterização;

Pequenas cirurgias;

Cuidados com o pé diabético;

Biópsias (mama, tireoide, próstata, dérmica, gastroenteral etc.);

(A depender do perfil da Policlínica.);

Como vou me deslocar até a Policlínica?

Micro-ônibus dos Consórcios de Saúde irão circular pelas cidades e levar os pacientes até as Policlínicas Regionais de Saúde. Os atendimentos devem ser agendados antecipadamente pelo município onde o usuário reside. Os roteiros de cada micro-ônibus variam de acordo com a região.

Outras cotas:

Saúde, R$ 20.800,00 reais;

Jacobina, R$ 140,000,00 reais;

Caém, R$ 16.000,00 mil reais;

Mirangaba, R$ 28.000,00 mil reais;

Quixabeira, R$ 14.000,00 mil reais;

São José do Jacuípe, R$ 12.000,00 reais.

Redação. Espaço Aberto.Net


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0