Saúde.Reviravolta na eleição da Câmara, mandato de segurança determina que eleição antecipada prevaleça e Antônio Lopes continua


Um mandato de segurança impetrado nesta quinta-feira (27), pelo presidente Antonio Lopes, e apresentado aos vereadores, determina que a eleição antecipada no dia 19 de fevereiro do corrente ano, fosse anulada. Sendo assim, Antônio Lopes permanece como presidente eleito. Disse o advogado e assessor Jurídico da Câmara Drº Ronaldo Freitas, que participou do jornal Espaço Livre, na Rádio Paiaiá FM, via telefone direto de Salvador. Ainda cabe recurso da decisão.

Posse do Suplente

A posse do suplente Luiz Ribeiro de Souza Filho (PDT), que deveria ter aconteciso nesta quinta-feira (28), foi prorrogada para o dia 2 de janeiro de 2019. O advogado Jucimário Queiroz, em entrevista ao jornal Espaço Livre, na Rádio Paiaia Fm, falou que está esperando ser notificado oficialmente, e quando encerrar o recesso da justiça ira recorrer da decisão.

 

Espaço Aberto.Net.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0