Font Size

Profile

Menu Style

Cpanel

19Agosto2017

 

Espaco Aberto

 

Ministra Cármen Lúcia e Rui Costa participam da abertura da Jornada Maria da Penha, em Salvador
...
Bonfinense é preso em São Paulo em nova fase da Operação Lava Jato
...
Prefeitura de Ponto Novo inicia reforma das Unidades de Saúde em todo o município

...

Caém.Carro de filho de vereadora de Caém capotou na BA 131

...

Jacobina: Protesto perde justiça pelo assassinato do professor Zé Antônio

...

Campo Formoso.Jovem morre em troca de tiro com a Polícia Militar
...
Previsão de salário mínimo para 2018 cai para R$ 969
...
Itiúba.Prefeitura gasta quase R$ 3,5 milhões por mês com folha de pagamento

...

Programa estadual vai levar atividades físicas e lazer para 78 municípios da região Saúde e outros estão fora

...

Caldeirão Grande. IFBA e Secretaria de Educação iniciam curso de libras
...
09 Ago
Escrito por 

PRF prende casal com carro roubado e documento falso em Senhor do Bonfim

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, na noite de ontem (8), um casal transitando em um veículo roubado e com documento falsificado na região centro norte da Bahia. O fato ocorreu por volta das 23h30, no KM 117 da BR 407, trecho do município de Senhor do Bonfim.A ação foi desencadeada quando os PRFs abordaram um Chevrolet/Classic, com placas de Alagionhas/BA.

Durante a fiscalização, foi solicitada a documentação do condutor e do automóvel, momento em que o homem apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) com indícios de inautenticidade.Além disso, ao realizar o processo de identificação veicular, os policiais observaram sinais de adulteração nos elementos identificadores do automóvel e constataram que o veículo portava placas “clonadas” de um Classic de mesmas características, pois as placas originais NTO-6541, apresentam registro de roubo, confirmando que os dados inseridos no CRLV eram falsos.Posteriormente, através de consulta ao banco de dados a equipe verificou que o veículo original é licenciado em Senhor do Bonfim e observou que o condutor do veículo apresenta processos criminais em seu desfavor por Receptação, Furto, Lei Maria da Penha e Lesão corporal.

Questionada pelos agentes, a passageira declarou ser a proprietária do automóvel e que seu companheiro, o condutor, foi quem escolheu e pagava as prestações. Informou ainda que pagaram R$ 12.000,00 pelo Classic.O homem e a mulher, de 40 e 47 anos respectivamente, foram detidos e encaminhados juntamente com o automóvel recuperado para a delegacia polícia judiciária local, onde responderão pelos crimes de receptação e uso de documento falso.Fote:Ascom – PRF 10-4

Deixe um comentário

Facebook