Horas após viralizar um vídeo em que traficantes de Salvador ameaçam o funkeiro MC Poze do Rodo, a Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) anunciou, no fim da noite de quinta-feira (28), o cancelamento do Baile do Embrasa – onde o artista se apresentaria, neste sábado (30), no Alto do Andu.

Em imagens que circulam nas redes sociais, membros de um grupo criminoso chegam a dispar várias tiros, pouco depois de afirmarem que “MC Poze na Bahia é bala”. Seria o primeiro show de Poze na capital.

Os homens, que não mostram o rosto, gravaram o vídeo em frente ao espaço que abrigaria o evento. Até o momento, o artista não se pronunciou sobre o assunto. O Metro1 tentou contato com o músico por meio da assessoria, mas sem sucesso.

“Embora a competência para autorizar shows seja da Prefeitura, cabe, no entanto, ao estado garantir a segurança e prevenir para que delitos não ocorram. Nosso principal objetivo é preservar vidas”, afirmou o secretário Ricardo Mandarino.

Ainda de acordo com a SSP-BA, equipes de inteligência da polícia apuram “uma possível rixa entre organizações criminosas e o cantor”, além da existência de um vídeo onde o artista aparece armado.

Nesta manhã, o Baile do Embrasa publicou no Instagram uma nota em que afirma estar “ciente dos fatos”, e ainda que a situação será resolvida “da melhor maneira”, para que o público não fique “desamparado”. La Furia e O Poeta também se apresentariam no evento.

Sobre o Autor

Redação

Site de Notícias de Saúde,10 anos levando informações locais regionais .

Ver todos os Artigos