O diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, resolveu trocar o superintendente do departamento no Distrito Federal, o delegado Hugo de Barros. A informação é do jornal Folha de S. Paulo. Outro nome para substituí-lo ainda não foi revelado.

A superintendência comandada por Barros desde maio é responsável pelo inquérito sobre o suposto tráfico de influência e lavagem de dinheiro cometidos por Jair Renan Bolsonaro, o filho caçula do presidente Jair Bolsonaro. Ele está sendo investigado pela suposta atuação da sua empresa junto ao governo federal.

Além disso, no DF também é realizado o inquérito das fake news, que investiga a disseminação coordenada de informações falsas para fragilizar a democracia, assim como a da organização dos atos antidemocráticos, do feriado de 7 de setembro, que contou com ataques a instituições do Estado. Em todos os casos, há personalidades bolsonaristas envolvidas.

Sobre o Autor

Redação

Site de Notícias de Saúde,10 anos levando informações locais regionais .

Ver todos os Artigos