A Bahia já confirmou 72 casos registrados da variante Delta do coronavírus, com dois óbitos. As confirmações foram feitas após sequenciamento genético realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen-BA) e divulgadas nesta segunda-feira (27). Secretária interina da Saúde, Tereza Paim, afirma que já há infecção comunitária da variante na Bahia e que isso é um sinal de alerta, já que a Delta se espalha muito rápido.

“Quem tem só uma dose tem que ter toda a cautela. A delta consegue furar a imunidade. Uma dose apenas não dá proteção”, afirmou, ao lembrar da necessidade da dose de reforço aos idosos e pessoas com doenças imunossupressoras. Tereza reforça também a rapidez com que este vírus específico se multiplica.

“É, sim, sinal de alerta. lembrar que ela se multiplica muito rápido. Lembrar que a gente ainda está em uma pandemia. Ela se espalha mesmo. Onde há baixa adesão da vacina, é preciso acelerar”, acrescenta Tereza.

Sobre o Autor

Redação

Site de Notícias de Saúde,10 anos levando informações locais regionais .

Ver todos os Artigos