Pais consentiam abusos de irmãs com deficiência em Várzea do Poço, diz polícia


A polícia iniciou investigação para apurar o estupro de duas irmãs de 21 e 23 anos, ambas com deficiência mental, na cidade de Várzea do Poço, distante cerca de 45 quilômetro de Jacobina. O suspeito do crime, o ex-prefeito de Serrolândia, Jaime Franco (foto), tem 84 anos.

Segundo a Polícia Civil, os abusos ocorriam com consentimento dos pais. Ainda de acordo com a polícia, as investigações começaram no último sábado (20), depois que a corporação teve acesso a um vídeo que mostra o crime. As imagens estão sendo analisadas. Os abusos vinham ocorrendo há anos, na casa das vítimas. Os pais permitiam os estupros, em troca de dinheiro, e também devem ser indiciados pelos crimes de estupro de vulnerável.
A investigação está ouvindo as pessoas envolvidas no caso. O ex-prefeito ainda não prestou depoimento, e não foi preso, já que não houve flagrante do crime.
Fonte: G1 Bahia

Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0