Polícia interdita festa com 700 pessoas na casa de Elba Ramalho


Uma festa clandestina que acontecia na casa da cantora Elba Ramalho, em Trancoso, foi interditada na noite de ontem (29) pela Polícia Militar do distrito. Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-Ba), o evento teve a participação de cerca de 700 pessoas.

De acordo com Elba, a festa foi realizada sem o seu conhecimento. Ela informou, em um vídeo publicado nas suas redes sociais, que está hospedada no Club Med, a 10km da sua residência em Trancoso, que está alugada desde o dia 25 de dezembro até o dia 4 de janeiro para outras pessoas. Segundo ela, enquanto o evento acontecia, ela estava na igreja e só soube depois. “Eu sou uma pessoa muito responsável comigo, com a minha vida e com a vida dos outros também”, afirmou.

Uma decisão judicial anunciada ontem (29) proibiu festas de final do ano em Porto Seguro, onde fica Trancoso, para evitar aglomerações e combater uma segunda onda do coronavírus no país.

Um vídeo que circula nas redes sociais, onde a dona da casa aparece dançando sem máscara em um lugar com outras pessoas, em uma festa, é antigo, segundo a assessoria da cantora. De acordo com ela, o evento filmado foi a comemoração da inauguração de um restaurante de uma amiga.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0