Governo prepara nova rodada de saque emergencial do FGTS em 2021


O governo federal prepara uma nova rodada do programa de saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) em 2021 com o objetivo de injetar dinheiro na economia brasileira.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o Ministério da Economia está elaborando um cardápio de medidas que poderão ser acionadas a depender da intensidade das crises sanitária e econômica no país.

Entre as possibilidades, está prevista antecipações do 13º benefício de aposentados e do abono salarial. O anúncio das medidas, entretanto, não será feito de imediato. A equipe econômica avalia que ações implementadas neste ano ainda terão efeito no início de 2021.

No auxílio emergencial, por exemplo, parte dos beneficiários ainda receberá parcelas residuais. Os programas de crédito também seguem com efeito no próximo ano. A ideia, segundo um dos formuladores do plano, é avaliar o cenário após a virada do ano, com possibilidade de anúncio de medidas a partir do final de janeiro.

Um membro da equipe econômica afirmou que há margem de recursos no FGTS para permitir uma nova rodada de retiradas. A medida não comprometeria a sustentabilidade do fundo. A ação seria voltada, principalmente, à classe média. Ainda não há definição sobre o formato do programa e valores que seriam liberados para os trabalhadores em 2021.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0