MP deflagra ‘Operação Deletrius’ para desarticular associação criminosa que retirava multas no Detran


O Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), deflagrou na manhã de hoje (9) a Operação Deletrius, que visa desarticular associação criminosa especializada na remoção de multas do sistema digital do Departamento Estadual de Trânsito (Detran–Ba).

Ao todo, estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e requisição de documentos expedidos pela 2ª Vara Criminal Especializada de Salvador, nos bairros do Costa Azul, Caminho das Arvores, e no Stiep. A notícia das fraudes foi encaminhada ao MP-BA pelo Detran, que colabora com as investigações. O prejuízo estimado para os cofres públicos, entre janeiro de 2019 e novembro deste ano, é de cerca de R$ 2 milhões de reais.

De acordo com o MP-BA, a operação de fraude era feita da seguinte forma: os investigados inseriam dados falsos no sistema digital do Detran para cancelar as infrações de trânsito, cobrando como propina um percentual de 10% do valor devido pelo particular.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0