Governador de Santa Catarina é alvo de busca e apreensão em inquérito sobre fraudes na área da saúde


A Polícia Federal e o Ministério Público Federal cumprem, nesta manhã (30), mandados de busca e apreensão contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), e outros dois ex-integrantes do governo estadual.

A operação ocorre no âmbito do inquérito que apura fraudes na compra de respiradores para enfrentamento da pandemia de coronavírus no estado. O contrato investigado movimentou R$ 33 milhões.

As medidas cautelares foram autorizadas, a pedido do MPF, pelo Superior Tribunal de Justiça. O caso tramita sob sigilo e, portanto, não serão divulgados agora os nomes dos demais alvos das buscas ou mais detalhes sobre o inquérito.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0