Justiça determina prisão preventiva de suspeito de provocar queda de médica em Armação


A Justiça converteu em preventiva a prisão do companheiro da médica que caiu do quinto andar de um prédio ontem (21), no bairro de Armação, em Salvador. Ele havia sido em flagrante por tentativa de feminicídio. A informação é do G1.

De acordo com a família da vítima, o estado de saúde dela é considerado gravíssimo. Ela está internada no Hospital Geral do Estado (HGE), onde passou por uma cirurgia.

De acordo com a Justiça, um dos motivos para decretar prisão preventiva foi para manter a ordem pública, além de prevenir possível perigo gerado pelo “estado de liberdade do imputado”. Além disso, durante o depoimento, o homem teria tido uma “narrativa desconexa, evasiva e sem conteúdo”.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

1