Prefeitura de Miguel Calmon decreta toque de recolher em combate ao coronavírus


A prefeitura da cidade de Miguel Calmon, localizada no norte da Bahia, decretou, nesta segunda-feira (29), o toque de recolher como parte das ações em combate ao avanço do coronavírus na cidade, que possui 24 casos confirmados da doença. Nenhuma morte foi registrada no município. O toque de recolher segue até domingo (5) e pode ser prorrogado por mais sete dias.

Com a medida de restrição, fica proibida a circulação de pessoas nas ruas da cidade das 20h às 5h, exceto aquelas que trabalham neste horário. Comércios não essenciais tiveram redução no horário, e poderão abrir de segunda a sexta, das 8h às 16h, e fecham, completamente, aos sábados, domingos e feriados. Há exceção para farmácias de plantão, postos de gasolina, padarias e borracharias.

A feira livre funcionará de segunda a quinta até 16h, e na sexta-feira até as 15h. Algumas barreiras de isolamento estão sendo instaladas no centro da cidade e vão monitorar a circulação dos moradores. Igrejas e templos religiosos seguem fechados.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos