Bolsonaro pede a apoiadores que não saiam às ruas em dia de protesto contra o governo


Foto.Isac Nobrega(PR).O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) orientou seus apoiadores a não irem para as ruas no próximo domingo (7), em Brasília, já que foi convocada uma manifestação antifascista para o mesmo dia. A declaração foi dada a apoiadores em uma pista de acesso na área interna do Palácio do Alvorada, longe dos jornalistas, hoje (1º).

“Olha, estão marcando domingo um movimento, né? Deixa eles sozinhos domingo. Eu não coordeno nada, não sou dono de grupo. Não participo de nada. Só vou prestigiar vocês, que estão me apoiando, fazem um movimento limpo, decente, pela democracia, pela lei e pela ordem. Eu apenas compareço”, disse. “Não conheço praticamente ninguém destes grupos. Eu acho que já que eles marcaram para domingo, deixa eles domingo lá”, completou Bolsonaro.

Ativistas antifascistas haviam convocado para este sábado um protesto diante do Palácio do Planalto, onde costumam acontecer as manifestações bolsonaristas. No entanto, o ato foi remarcado para o domingo.

Na manhã de hoje, Bolsonaro conversou com os apoiadores em uma área separada. “A imprensa não vai poder dizer mais que eu estou agredindo ela, está certo? Conversar com o povo porque este pessoal aí não… se transmitisse a verdade, tudo bem, mas deturpam, inventam”, disse Bolsonaro. A conversa foi transmitida ao vivo por apoiadores e pela própria equipe da Presidência da República.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos