Itiúba.Partidos que não elegerem ninguém em 2016, PP E PSB depois da “janela partidária” passam a serem as maiores bancadas da Câmara”


O município de Itiúba, localizado no território do sisal, desde a eleição a eleição de 2012, quando a Câmara de Vereadores era composta de 11 cadeiras, com exerção do PT que tinha dois vereadores, Jiovaldo do Sindicato e Daniel de Nadinho, todos os demais edis pertenciam a partidos individuais. Naquele mandato eram 10 partidos representados no poder legislativo.

Quatro anos depois, na eleição de 2016, o número de vagas na Câmara ampliou para 13 e, um caso único dentre os 20 municípios do território do sisal, cada vereador pertencia a partidos diferentes, ou seja, 13 partidos eram representados e durante o mandato a figura de líder de partido não existiu, pois, cada vereador era líder de si mesmo.

Pensando na reeleição agora em 2020 e na busca de um partido que possa ofertar o quociente eleitoral e maior apoio, 11 dos 13 vereadores aproveitaram a janela partidária e mudaram de legenda. O PP e PSB que não elegeu ninguém, agora passam a liderar como maiores bancadas.

O atual vice-prefeito, José Francisco dos Santos Filho, mais conhecido por Zé do Radio, eleito pelo PSL, migrou para o PP, com ele também mudaram os vereadores Ranulfo Gonçalves que deixou o MDB, Valmir Peixinho que saiu do PV, Alberto da Pesca do PSL, Cesar Enfermeiro do DEM, Edson Laranjeira (PRTB) e Paulo Vinicius (PSD).

O PSB que também não tinha representação conta agora com com três vereadores, Jô do Toinho que deixou o PROS, Daniel do Nadinho (PTC) e Jonas Trindade (SD).

EA com informações de Renilson Ramos.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0