Em meio a casos de Coronavírus, MP questiona prefeitura e Estado sobre Micareta de Feira 


O promotor do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Aldo Rodrigues, questionou a prefeitura de Feira de Santana e o Estado da Bahia sobre os riscos da realização da micareta da cidade, que está marcada para os dias 23 a 26 de abril, em decorrência do Coronavírus.

Em entrevista o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas Boas, afirmou que a pprefeito.Metro1asta ainda não emitiu opinião sobre a realização da festa. Ele, no entanto, diz que os casos da doença na cidade estão contidos. Segunda maior cidade da Bahia, a “Princesinha do Sertão” registrou o primeiro e segundo caso da enfermidade. Uma mulher, moradora do município, voltou da Itália com a doença e infectou a segunda vítima, sua empregada doméstica.

“São dois casos, que estão contidos. Temos conseguido descartar os casos trazidos como suspeitos. Enquanto a doença foi ‘importada’, está tudo bem. O problema é se sair do controle fora da daqui, em cidades como São Paulo, por exemplo”, afirmou.

Secretário de comunicação de Feira de Santana, Valdomiro Silva disse que só iria se posicionar após consulta ao prefeito.Metro1


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0