Uberlândia: 20 vereadores são presos em operações do MP


0

O Ministério Público de Minas Gerais prendeu, nesta segunda-feira (16), 20 vereadores de Uberlândia durante operações contra irregularidades na Câmara Municipal da cidade. Dezenove foram presos na primeira operação, batizada de “Má impressão”,que apura desvio de verbas de gabinete por meio de serviços de impressão. O vigésimo foi preso na operação “guardião”, que investiga fraude num contrato de vigilantes da Câmara.

A polícia ainda tenta cumprir mandado de prisão contra um 21º vereador, Vilmar Resende (PSB), alvo da Má Impressão que não havia sido detido até as 13h.

O presidente da Câmara, Hélio Ferraz, o Baiano (PSDB), é alvo das duas operações. A defesa dele informou que ainda está tomando ciência do caso.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *