PGR diz que Bolsonaro pode bloquear internautas no Twitter

O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu a postura do presidente Jair Bolsonaro em bloquear usuários de acessarem sua conta no Twitter. O parecer ocorreu em ação apresentada pela deputada Natália Bonavides (PT) no Supremo Tribunal Federal, que se queixou que o presidente a impediu de acessar a conta.

A deputada foi bloqueada após criticá-lo na rede social e, como integrante do Parlamento, tem a prerrogativa de fiscalizar e acompanhar os atos do Executivo. Ela não considera a conta do presidente da República de natureza pessoal, pois é usada para divulgar atos do governo, mas tanto Bolsonaro quanto Aras discordam. O relator do processo, Alexandre de Moraes, ainda não tomou uma decisão.

André Araújo

André Luiz Araújo é formado em radialismo, com o Registro Profissional 9 para Radialistas( RPR) 3.572/Ba . Exerce a profissão a mais de 21 anos , onde mantem o Blog Espaço Aberto.Net ,9 anos levando noticias locais e regionais , sendo uns dos sites mais bem acessados de Saúde e região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *