MP recomenda suspensão de prova de motocross em Jacobina e Caém

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou, nesta terça-feira (5), a suspensão do 6º Trilhão do Jacobina Off Road previsto para acontecer nos dias 9 e 10 de novembro, entre Jacobina e Cáem, no Centro-Norte do estado. A prova de motocross é organizada pelo Grupo Jacobina Off Road.

Segundo o promotor de Justiça Pablo Almeida, autor da recomendação, o trilhão vai trazer prejuízos à Unidades de Conservação e áreas ambientalmente protegidas. Ao MP, os donos das propriedades rurais relataram que não autorizaram o acesso dos organizadores do evento e dos motociclistas aos seus sítios e fazenda e que, mesmo assim, as propriedades foram sinalizadas como trilhas.

Ainda de acordo com o promotor, o evento não foi autorizado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Ao órgão, o MP indicou fiscalizações de emergência, principalmente, nas unidades de conservação do Vale do Ribeirão e na Região da Igreja das Figuras.

Às prefeituras de Jacobina e Cáem, o MP recomendou que reforcem a suspensão do uso de vias públicas, particulares e estradas vicinais, exceto as pistas de motocross já existentes em Jacobina.

Caso o evento seja realizado por meio de liminar da Justiça, o MP indicou que os dois Municípios coloquem em plantão pelo menos 50% do efetivo de pessoal das Secretarias e Departamentos de Meio Ambiente, Transporte e Guardas Municipais durante o evento, e plantão para as duas Secretarias Municipais da Saúde.

Para Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Rodoviária Estadual, o promotor indicou fiscalizações e rondas de emergência antes e durante o evento.

André Araújo

André Luiz Araújo é formado em radialismo, com o Registro Profissional 9 para Radialistas( RPR) 3.572/Ba . Exerce a profissão a mais de 21 anos , onde mantem o Blog Espaço Aberto.Net ,9 anos levando noticias locais e regionais , sendo uns dos sites mais bem acessados de Saúde e região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *