Humorista Pisit Mota é acusado de agredir e ameaçar a mulher de morte


O humorista Pisit Mota é acusado de agredir fisicamente e ameaçar a mulher de morte, de acordo com uma matéria publicada hoje (13) pelo site BNews. A Justiça da Bahia teria pedido o uso de tornozeleira eletrônica, além de obrigar o humorista a manter pelo menos 200 metros de distância da ex-mulher, Maria de Oliveira Faria.

Pisit, no entanto, nega as acusações e recorreu ao Supremo Tribunal Eleitoral (STF) com um pedido de habeas corpus. Os recursos dele já foram negados pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e também pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

As ameaças de morte, segundo documentos do processo, começaram após a separação do casal, em outubro do ano passado. Já as agressões físicas teriam acontecido durante o casamento. Em defesa, Pisit diz que o motivo das acusações da ex-mulher são por uma disputa que os dois travam na Justiça pela guarda da criança.

Em nota enviada ao Metro1, ele rebateu as acusações:


Você gostou? Compartilhe com seus amigos