TSE determina que PT devolva R$ 5,2 milhões aos cofres públicos


O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desaprovou, por unanimidade, a prestação de contas do Partido dos Trabalhadores (PT) do ano de 2013, além de determinar a devolução de R$ 5,2 milhões, com recursos próprios, aos cofres públicos.

O tribunal também decidiu que o PT ficará um mês sem receber repasses do fundo partidário.

Conforme o tribunal, ficou comprovado que o partido aplicou irregularmente o montante, o que exige a rejeição da prestação de contas. O partido argumentou que aplicou a verba para pagamento de impostos e deslocamentos de representantes e que não houve intenção de cometer irregularidades.Fonte:TSE


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0