MP diz que suspeito de matar Marielle alegou ter sido avisado sobre prisão


O suspeito de ter efetuado os disparos que mataram Marielle Franco e Anderson Gomes, policial reformado Ronnie Lessa, afirmou ter sido avisado sobre a Operação Lume, pela qual foi investigado e preso hoje (12).

A informação foi divulgada pela coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), Simone Sibílio.

Sibílio assegurou que o suposto vazamento será apurado. Ela ainda alegou que a operação seria amanhã, mas foi antecipada devido à suspeita de que os os alvos já tivessem sido informados.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos