Agentes aplicaram ‘força proporcional’ em caso na Caixa Econômica, diz PM


A comunicação da Polícia Militar afirmou que os agentes aplicaram a “força proporcional” no caso que aconteceu na última terça-feira (19) em uma agência da Caixa Econômica, na Avenida Sete de Setembro, em Salvador.

De acordo com a PM, os policiais “ conversaram com o gerente da agência que relatou que o homem estava solicitando um comprovante de transação que não poderia ser fornecido naquele momento e solicitou a remoção do cidadão do interior da agência em razão do encerramento do expediente bancário”.

“Em dado momento houve a necessidade de empregar a força proporcional para fazer cumprir a ordem legal exarada, mesmo após diversas tentativas de conduzi-lo sem o emprego da força, no próprio vídeo é evidente a condução técnica e equilibrada dos policiais militares na ação e também observa-se uma edição suprimindo parte do ocorrido”, conta.

Ainda de acordo com a comunicação social da PM, o homem, identificado como Crispim Terral, foi conduzido à Central de Flagrantes onde foi autuado por desobediência e resistência. Administrativamente uma sindicância será instaurada pelo 18º BPM para apurar todas as circunstâncias da intervenção policial.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0