Polícia Civil prende mulher acusada de tráfico de drogas em Jacobina


Policiais civis do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas da 16ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin Jacobina), sob o comando da delegada Manuela Rodrigues, prenderam, no final da tarde de terça-feira, 19, no bairro da Caixa D’água, em Jacobina, uma mulher identificada como Laíra Tamires Gonçalves de Deus, 28 anos. Conforme a polícia, a acusada já vinha sendo investigada pela suspeita da venda de entorpecentes na cidade.

Com Tamires, os policiais encontraram 56 pedras de crack escondidos dentro de uma caixa de óculos e um saco com outras 10 pedras do entorpecente. Ainda conforme a polícia, no momento da abordagem, que aconteceu em um local conhecido como ‘Bar de Rubinho’, dois jovens que estavam com Tamires conseguiram fugir do cerco policial.
Durante a revista dos quartos utilizados pelo trio no estabelecimento, ainda foi encontrado um recipiente com certa quantidade de uma substância de cor branca, além de 03 pacotes plásticos de cocaína, 02 pinos vazios utilizados para embalar a droga e 10 pedras de crack. Todo material foi encaminhado à perícia, para as devidas constatações.
Ainda segundo os investigadores, Tamires, que já responde a processo por tráfico de drogas, tem um bebê de poucos meses de idade. A criança foi entregue ao Conselho Tutelar. Em 2012, quando tinha apenas 21 anos, Tamires foi presa pela polícia acusada da prática do mesmo crime.
Segundo a delegada Manuela Rodrigues, que comandou a operação, Tamires já vinha sendo monitorada pelos investigadores após várias denúncias anônimas informando que ela realizava a comercialização de drogas naquela localidade, sendo montada a campana até sua prisão.
O Coordenador da 16ª Coorpin, delegado Eduardo Brito, destacou novamente que “o combate ao tráfico de drogas é o foco principal para o combate à criminalidade e outros delitos”.
Tamires foi autuada em flagrante delito pelo delegado plantonista, Dr. Tarcísio Túlio, e enquadrada por tráfico de drogas. Ela permanece presa no Complexo Policial de Jacobina, à disposição da Justiça.
Fonte. 16ª Coorpin

Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0