Pindobaçu: Projeto de Lei de que cobra taxa para recolher o lixo revolta população, em nota prefeitura diz que “taxa do lixo” será reavaliada


O Projeto de Lei do prefeito de Pindobaçu, Helio Palmeira, aprovado por a Câmara de vereadores, vem revoltando a população local, será cobrado dos moradores uma taxa para recolher lixo e população já se organiza pra realizar manifesto.

O projeto foi votado no dia 10 de dezembro de 2018 e entrou em vigor no dia 1 de janeiro de 2019, segundo o projeto será cobrado uma taxa de R$ 8,00 para o recolhimento do lixo, o não pagamento implicará em multa com juros.

Após a repercussão negativa a prefeitura emitiu a seguinte nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO.
A Prefeitura Municipal de Pindobaçu, esclarece à população que no tocante à lei de criação da taxa de lixo, levando -se em conta os mais relevantes interesses públicos, fica determinado para reanalise da mesma sobre ponto de vista administrativo, por ordem direta do Prefeito Municipal que afirma: “Em face de crise econômica em que passa a cidade e o país, ressalvar o cidadão de ônus extras está acima de qualquer questão ou interesse”.Ascom /Pindobaçu


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0