Jacobina.Homem natural de Saúde,morreu esfaceado pela esposa



Em contato com o delegado à frente do inquérito que investiga o homicídio ocorrido no bairro Mutirão na tarde deste sábado, Dr Cleber Azevedo, este nos informou que a autora do golpe de faca que matou Josival dos Santos, de 34 anos, natural do município de Saúde, justificou o fato como legítima defesa. Segundo o delegado, Vânia de Jesus, de 32 anos, a autora do crime, disse que foi espancada pelo companheiro e que atingiu Josival com uma única facada no peito para que cessasse as agressões, que relatou como sendo corriqueiras, mas não queria lhe matar.Segundo autoridade policial, Josival já havia sido preso no ano de 2016, mais precisamente no dia 21 de novembro, após ser flagrado em posse de várias peças que haviam sido furtadas de veículos que estavam estacionados no pátio da 16ª COORPIN.

Á época, o acusado alegou que as peças que estavam escondidas em sua casa, localizada na Rua Edmilson Barreto, 5, mesmo local onde ele foi morto hoje, haviam sido deixadas por dois rapazes que pediram pra ele guardar, e que ele não sabia qual a origem delas. Após um período preso ele foi liberado. Em contato com nossa redação, uma ex moradora do bairro comentou que já foi vizinha do casal e que as confusões provocadas por Josival eram constantes.
O corpo de Josival ainda se encontra na UPA de Jacobina, devendo ser transladado para o DPT de Jacobina nas próximas horas.
Emerson Rocha / Bahia Acontece


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0