Caém.Unidade saúde da família da comunidade de Piabas promove atividades alusivas ao Novembro Azul


Unidade Saúde da Família da comunidade de Piabas promove atividades alusivas ao Novembro Azul.

Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros – de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima-se que serão mais de 68 mil novos casos da doença ainda em 2018. E as maiores vítimas são homens a partir dos 50 anos, além de pessoas com presença da doença em parentes de primeiro grau, como pai, irmão ou filho.

Na quarta-feira (21), o atendimento foi especializado a fim de atender exclusivamente o público masculino, os serviços oferecidos foram de odontologia e ultrassonografia da próstata durante todo o dia. Durante a manhã de sexta-feira (23), o médico atendente da Unidade de Saúde, Gesualdo Júnior, mediou palestra sobre Próstata: informação, atenção, prevenção e cuidados, realizada na Unidade. Na oportunidade os homens que realizaram os exames de ultrassonografia mostraram os resultados e receberam atendimento individual com o médico da USF, para retirada de dúvidas e melhores esclarecimentos.

A unidade também promoverá na quarta-feira (28), dando seguimento às atividades, coleta de PSA que é um procedimento realizado para detectar precocemente casos de câncer de próstata e outras condições, como a hiperplasia prostática benigna e a prostatite. O PSA é solicitado no início das investigações médicas. Outros exames complementam o diagnóstico, como o toque retal.

A Enfermeira e Coordenadora da UBS, Sabrina Oliveira Silva de Andrade, reconhece a dificuldade masculina em participar de eventos relativos ao auto cuidado e saúde, mas avaliou positivamente a participação masculina nos eventos realizados neste mês dedicado a eles. Disposição, paciência, irreverência e atenção, foram destacados por ela na percepção de como os homens reagiram às atividades.

A esse respeito disso, o mediador e médico da UBS de Piabas, Gesualdo Júnior, destacou que o preconceito e falta de informação faz com que muitos homens se recusem fazer os procedimentos necessários para prevenção e cuidados relativos a próstata e que essa postura não cabe mais na atualidade. O câncer de próstata é a segunda causa de morte entre homens no Brasil de acordo com o INCA, os trabalhos de mobilização devem reconhecer esse fato e trabalhar na promoção de reflexões em torno da quebra desse pensamento que causa morte de muitos homens. A esse respeito o participante Antônio José de Jesus da comunidade de Baixa do Mel, conta “pior é morrer, temos é que cuidar da nossa saúde e ficar vivos”, finalizou.

PREFEITURA DE CAÉM JUNTOS FAREMOS MAIS

ASCOM


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0