Juiz libera mais de 200 presos para prisão domiciliar em Feira de Santana


 

A decisão de liberar os presos foi motivada pelo descumprimento de itens exigidos no Termo de Ajustamento de Conduta, assinado pelo Ministério Público e Seap

O Conjunto Penal de Feira de Santana já soltou mais de 228 detentes desde que o o juiz Waldir Viana Ribeiro Júnior decidiu liberar os presos do regime semiaberto da unidade para cumprirem as penas em regime domiciliar.

De acordo com o juiz, a decisão foi motivada pelo descumprimento de itens exigidos no Termo de Ajustamento de Conduta, assinado pelo Ministério Público e Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e Ressocialização.

De acordo com o Capitão Alan Araújo, que dirige o Conjunto Penal, a direção da unidade já recebeu 266 decisões, algumas, porém, não podem ser cumpridas por restrições e outras ainda são analisadas.

Ainda segundo o site Acorda Cidade, o delegado também afirmou que alguns presos foram transferidos entre os pavilhões.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0