Campanha de Haddad vai mirar eleitores que optaram por abstenção


A campanha do presidenciável Fernando Haddad (PT) vai mirar os eleitores que optaram pela abstenção no primeiro turno das eleições.

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, no primeiro momento, os petistas vão se concentrar em trabalhar para ampliar o comparecimento em alguns estados do Nordeste e no Rio de Janeiro.

Quase 30 milhões de eleitores não compareceram às urnas no primeiro turno. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, o nível de abstenção, de 20,3%, é o mais alto desde as eleições de 1998, quando 21,5% do eleitorado não votou.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0