Fux proíbe entrevista com Lula na prisão

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu na noite de ontem (28) uma liminar que foi concedida por seu colega Ricardo Lewandowski e proibiu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de dar entrevista ao jornal Folha de S. Paulo na prisão.

A decisão de Fux também censura previamente o material: caso a entrevista já tenha sido realizada, sua divulgação está proibida.

O pedido de suspensão de liminar foi formulado pelo partido Novo, sob o argumento de que a realização da entrevista pode confundir os eleitores, já que o PT tem apresentado Lula como integrante da chapa que disputa as eleições presidenciais.

Lula está preso desde abril, após ter sido condenado em segundo grau por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP). A decisão de Fux deverá ir ao plenário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *