Após atentado, Bolsonaro segue em 1º, mas continua líder de rejeição

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) manteve a liderança da pesquisa do Instituto DataFolha apresentada na noite de hoje (10), a primeira desde o início da propaganda eleitoral o rádio e na televisão e do atentado ocorrido contra ele em Juiz de Fora-MG, na semana passada. Segundo o levantamento, o capitão reformado do Exército tem 24% das intenções de voto.

Empatados no segundo lugar aparecem Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), considerando a margem de erro.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O DataFolha fez a pesquisa num cenário em que o nome de Fernando Haddad, candidato a vice-presidente pelo PT, aparece como possível substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chapa.

Confira os números:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 24%
  • Ciro Gomes (PDT): 13%
  • Marina Silva (Rede): 11%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 10%
  • Fernando Haddad (PT): 9%
  • Alvaro Dias (Podemos): 3%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Henrique Meirelles (MDB): 3%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Vera (PSTU): 1%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 1%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • Branco/nulos: 15%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

O novo levantamento aponta que Bolsonaro é o candidato mais rejeitado pelos eleitores. De acordo com o Datafolha, 43% dos eleitores dizem que não votariam de jeito nenhum no capitão reformado do Exército. A resistência é maior entre as mulheres (49%), entre os mais jovens (55%), entre eleitores com curso superior (48%) e no Nordeste (51%).

A alta rejeição explica o mau desempenho de Bolsonaro nas simulações feitas pelo Datafolha para o segundo turno da disputa. De acordo com os cenários estudados, ele perderia para Alckmin, Marina e Ciro e chegaria à segunda rodada da eleição empatado com Haddad se ela fosse realizada hoje.

Veja:

  • Bolsonaro: 43%
  • Marina: 29%
  • Alckmin: 24%
  • Haddad: 22%
  • Ciro: 20%
  • Cabo Daciolo: 19%
  • Vera: 19%
  • Eymael: 18%
  • Boulos: 17%
  • Meirelles: 17%
  • João Goulart Filho: 15%
  • Amoêdo: 15%
  • Alvaro Dias: 14%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 5%
  • Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
  • Não sabe: 6%

Segundo turno

  • Marina 43% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 18%; não sabe: 2%)
  • Ciro 39% x 35% Alckmin (branco/nulo: 23%; não sabe: 3%)
  • Alckmin 43% x 34% Bolsonaro (branco/nulo: 20%; não sabe: 3%)
  • Marina 38% x 37% Alckmin (branco/nulo: 23%; não sabe: 2%)
  • Ciro 45% x 35% Bolsonaro (branco/nulo: 17%; não sabe: 3%)
  • Alckmin 43% x 29% Haddad (branco/nulo: 25%; não sabe: 3%)
  • Haddad 39% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 20%; não sabe: 3%)
  • Ciro 41% x 35% Marina (branco/nulo: 22%; não sabe: 2%)
  • Marina 42% x 31% Haddad (branco/nulo: 25%; não sabe: 3%)

André Araujo

André Luiz Araújo é formado em radialismo . Exerce a profissão há 20 anos , onde mantem o Blog Espaço Aberto.Net ,8 anos levando noticias locais e regionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *