Governo prevê aumento de R$ 52 no salário mínimo em 2019


O governo federal propôs que o salário mínimo de 2019 seja de R$ 1.006. O valor é R$ 52 maior que o atual, de R$ 954. Além disso, o Planalto ainda estimou crescimento de 2,5% no Produto Interno Bruto (PIB) do próximo ano.

Os valores integram a proposta de orçamento do ano que vem, encaminhada nesta sexta-feira (31) ao Congresso Nacional. O reajuste do salário mínimo, se aprovado pelo Legislativo, começará a valer em janeiro de 2019, com pagamento nos vencimentos a partir de fevereiro.

Em abril deste ano, a estimativa para o mínimo no ano que vem era de R$ 1.002. Entretanto, o governo ainda pode mudar o valor definido pelo governo nesta sexta-feira, caso haja alteração na previsão para a inflação deste ano, que compõe a fórmula para o cálculo do reajuste do mínimo do ano que vem.

Se confirmado este valor, será a primeira vez que o salário mínimo ficará acima da marca de R$ 1 mil. Porém, segundo cálculo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo “necessário” para despesas de uma família de quatro pessoas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, seria de R$ 3.674,77, ao tomar como referência o mês em julho deste ano. Por: Divulgação.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0