MST irá à casa de Cármen Lúcia pedir que ela receba militantes em greve de fome


O Movimento Sem Terra (MST) e a Frente Brasil Popular organizam um ato multirreligioso em frente à casa da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, em Belo Horizonte. A manifestação deve acontecer hoje (24).

Os grupos querem que a ministra receba os militantes, que estão sem comer há 25 dias, em vigília pela liberdade de Lula. Dizem que, se o encontro ocorrer, a greve acaba. Ela sugeriu que eles procurassem o ministro Dias Toffoli, que assumirá o comando do STF em Setembro.


Você gostou? Compartilhe com seus amigos

0